https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

Casa do Território vai acolher a cerimónia de entrega do Prémio de História Alberto Sampaio

O Prémio de História Alberto Sampaio vai ser entregue a António Castro Henriques, vencedor da edição de 2021, no próximo dia 1 de dezembro, data do aniversário natalício do historiador que o nomeia, pelas 15 horas, na Casa do Território, no Parque da Devesa.

«Midas, Moedas e Mercados: A Economia Política do Primeiro Sistema Monetário Português, 1190-1250» é o título do trabalho apresentado por António Castro Henriques que o júri do prémio, constituído sob a égide da Academia das Ciências de Lisboa, a quem está confiada a direção científica do Prémio, deliberou atribuir a distinção.

Na sua deliberação, o júri considerou-o unanimemente “um excelente ensaio de investigação em história monetária da Idade Média, baseado em fontes arquivísticas exploradas de forma inovadora e que questiona criticamente o conhecimento adquirido”.

Refira-se que o Prémio de História Alberto Sampaio, inicialmente instituído em 1995, destina-se a homenagear e a manter viva a pessoa e obra de Alberto Sampaio, promovendo o desenvolvimento dos estudos científicos e investigação nas áreas ligadas ao seu legado, em especial, nas disciplinas da História Social e Económica. O Município de Vila Nova de Famalicão, através do Arquivo Municipal Alberto Sampaio, em coorganização com os Municípios de Guimarães e Braga, a Sociedade Martins Sarmento e a Academia das Ciências de Lisboa, dinamiza anualmente este prémio.

Leia também...