https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

Casa das Artes leva música clássica além-portas

A Vila de Ribeirão vai receber um concerto de música clássica, sob a direção de José Eduardo Gomes, protagonizado pela Orquestra Sinfónica da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) e pela organista italiana Ilaria Centorrino, no próximo domingo, 17 de outubro, pelas 19h00, na Igreja Paroquial. O evento, com entrada livre condicionada à lotação do espaço, é desenvolvido pela Casa das Artes de Famalicão, no âmbito das suas iniciativas descentralizadas.

O programa do concerto inclui «Fantasia Concertante para órgão e orquestra de câmara» (1969), de Frederico de Freitas (1902-1980), e Sinfonia nº 3 em dó menor, op. 78 “com Órgão”, de Camille Saint-Saëns (1835-1921).

A obra «Fantasia Concertante para órgão e orquestra de câmara» de Frederico de Freitas, encomendada para inaugurar o órgão de tubos do grande auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, em 1969, constitui um dos raros exemplares de música para órgão e orquestra escrita por um compositor português. Já a segunda peça tocada, «Sinfonia nº 3 em dó menor, op. 78 “com Órgão”», é considerada, sob o ponto de vista artístico, um dos pontos altos da carreira do compositor Camille Saint-Saëns, cujo centenário da sua morte é assinalado este ano.

Recorde-se que a Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão foi inaugurada em 2001, com o intuito de potenciar a criação, fruição e apresentação de projetos artísticos e culturais, de todos e para todos. Localizado no Parque de Sinçães, o espaço faz parte da Rede Nacional de Teatros e Cineteatros.

Leia também...