https://emac.autosolucoes.pt/

Câmara vai melhorar condições do Centro de Vacinação de Vale S. Cosme

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, vai introduzidas melhorias ao Centro de Vacinação de Vale S. Cosme, no sentido de conceder um maior conforto e segurança aos utentes. Numa visita ao espaço no passado dia 2 de dezembro, o Presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, fez uma avaliação, com os responsáveis pelo processo, das condições do espaço e garantiu uma reformulação das condições logísticas ao nível do acolhimento dos utentes.

“Tendo em conta a realidade do inverno e as novas necessidades ao nível do processo de vacinação, é importante adaptar o espaço às circunstâncias, por forma a que as pessoas tenham mais e melhores condições na utilização do espaço.” destacou Mário Passos, que garantiu ainda  a permanência do apoio do Município de Vila Nova de Famalicão a nível da disponibilização de recursos humanos para o funcionamento da infraestrutura, com reforço de recursos ao fim de semana e feriados.

Recorde-se que o Centro de Vacinação está em funcionamento desde o dia 10 de fevereiro de 2021, nas instalações da antiga Escola Didáxis de Vale S. Cosme, na Avenida de Tibães, tendo já sido administradas mais de 100 mil vacinas. Para além da vacina da COVID-19, desde outubro deste ano que está também a ser administrada a vacina da gripe.

As  instalações estão cedidas pelo Município de Vila Nova de Famalicão à Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte), e encontra-se sob a gestão do Agrupamento de Centros de Saúde do Ave (ACES Ave), que é a entidade responsável pelo processo de vacinação. A limpeza e a segurança são asseguradas pelo município.

Normalmente, o Centro de Vacinação funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 15h, com inoculações até às 14h30, e aos fins de semana e feriados das 9h às 17h, com inoculações até às 16h30. Refira-se que este período de funcionamento poderá variar conforme a atualização das indicações por parte das autoridades de saúde.

No caso do regime de Casa Aberta, a decorrer das 11h às 14h30 nos dias úteis, sem agendamento e de acordo com as orientações das autoridades de saúde, encontra-se disponível pela seguinte ordem de prioridade: utentes maiores de 75 anos; utentes para 1.ª e 2.º dose; utentes grávidas; profissionais das ERPI – Instituições do Foro Social, bombeiros e profissionais de saúde com declaração da entidade; utentes dos 74 aos 65 anos; e, por último, por ordem de apresentação do utente no local e mediante disponibilidade.

Leia também...