Select Page

Câmara poupou “7 milhões de euros” em 2017

Câmara poupou  “7 milhões de euros” em 2017

Uma poupança em despesas correntes superior a “sete milhões de euros”, um resultado líquido de “1,7 milhões de euros” e uma taxa de execução orçamental de 82 por cento. São estes os números do relatório de contas do ano 2017, que foi aprovado por maioria, com a abstenção dos vereadores da coligação PSD/CDS-PP, a 19 de abril, na reunião do executivo municipal. LILIANA OLIVEIRA

O relatório mostra ainda que, desde 2012, a taxa de execução do orçamento cresceu face, por exemplo, aos “54 por cento de 2012”, enquanto a taxa de execução do plano de investimentos previsto no orçamento chegou “a um valor histórico de 70 por cento”. “Em termos de média por mandato, o ciclo autárquico 2013-2017 registou uma execução de 63 por cento, enquanto o mandato anterior a 2013 não passou dos 40 por cento”, informou fonte da autarquia.

Leia a notícia completa na edição papel nº130 do Jornal do Ave.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização