Auto Soluções- Campanha verão 2022

Câmara de Santo Tirso intensifica combate à vespa asiática

A Câmara Municipal de Santo Tirso adquiriu novos equipamentos que vão permitir combater a vespa asiática de forma mais célere. Em 2021, foram destruídos mais de 800 ninhos, no concelho.

Depois de em 2021 ter eliminado 820 ninhos – quase o dobro de 2020, quando foram destruídos 416 ninhos –, o município de Santo Tirso dispõe agora de uma nova técnica de combate à vespa velutina, vulgarmente conhecida como vespa asiática. Até 31 de agosto de 2022 tinham sido eliminados 284 ninhos.

A partir de agora, a eliminação dos ninhos é feita por aplicação de um químico não repelente através da utilização de uma vara em fibra de carbono extensível, até 22 metros, ou de um marcador de ar comprimido. Após a aplicação, o vespeiro passa a inativo ao fim de quatro ou cinco dias.

“Os novos equipamentos permitem um combate mais eficaz, na medida em que possibilitam a remoção de ninhos que não podem ser queimados”, explica o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, salientando que, “para além de evitarem a fuga das vespas durante a intervenção, diminuem, também, o risco para as equipas que procedem à sua remoção”.

A nova técnica vem possibilitar a remoção de ninhos que não podem ser queimados, por estarem no interior de habitações ou por haver restrições ao uso de fogo pelo perigo de incêndio.

O sistema utilizado dispensa, ainda, meios elevatórios, corte de árvores e meios de prevenção durante o processo de queima que só podia decorrer em período noturno.

Com as patas amarelas e o corpo escuro, com um segmento laranja no abdómen e de dimensões maiores que a vespa europeia, para além de atingir as espécies locais, a vespa velutina reage de forma bastante agressiva às ameaças ao seu ninho, podendo fazer perseguições em grupo durante cerca de 500 metros.

Em caso de suspeita de avistamento de um ninho de vespas asiáticas, os cidadãos devem contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Santo Tirso pelo telefone 252 830 484, ou pelo endereço de correio eletrónico smpc@cm-stirso.pt

Para mais informações e denúncia, podem também aceder ao portal do Instituto da Conservação da Natureza e florestas através da ligação stopvespa.icnf.pt

Leia também...