CÂMARA DE SANTO TIRSO AVANÇA COM REQUALIFICAÇÃO DA ZONA EMPRESARIAL DO ALTO CRUZ

É mais uma aposta do Município de Santo Tirso na dinamização económica. As obras de requalificação da Zona Empresarial do Alto da Cruz já arrancaram, no sentido de introduzir significativas melhorias no ordenamento do território, na segurança e no trânsito local, nomeadamente com a criação de uma nova rotunda. Um investimento da Câmara Municipal de Santo Tirso na ordem dos 900 mil euros.

Tem, atualmente, 40 empresas instaladas, mais de 400 pessoas a trabalhar e potencialidades de crescimento. Abrangendo uma área de intervenção de cerca de 13 mil metros quadrados, a Câmara Municipal de Santo Tirso tem no terreno um projeto de requalificação da Zona Empresarial do Alto da Cruz, por forma a modernizar o espaço público.

“Esta obra está inserida na estratégia que tem vindo a ser levada a cabo pela autarquia na área do desenvolvimento das zonas empresariais do Município”, alude o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa, explicando a necessidade de dotar estas zonas de condições que permitam às empresas instaladas fazer face aos desafios atuais. Por outro lado, continua, “queremos ser competitivos nesta área e criar condições para a instalação de novas empresas no Município”.

Os trabalhos de requalificação da Zona Empresarial do Alto da Cruz já arrancaram e deverão decorrer até novembro, naquele que é um investimento da Câmara de Santo Tirso na ordem dos 900 mil euros.

Uma das maiores alterações prende-se com a criação de uma nova rotunda, a nascer no fim do arruamento de acesso à Zona Empresarial do Alto da Cruz, que irá permitir uma maior fluidez e segurança no trânsito local e eliminará o ponto de conflito onde confluem diversos arruamentos. “A rotunda é a única solução para acomodar, com facilidade, as inversões de marcha, especialmente neste caso, em que estamos a falar de veículos pesados”, explica o autarca.

Está prevista, ainda, a pavimentação das vias de circulação automóvel em toda a zona empresarial, seja em pavimento betuminoso, seja em pavimento granítico, bem como a colocação de infraestruturas de telecomunicações, gás, abastecimento de água, saneamento, entre outras. A iluminação pública será reposicionada, com recurso a tecnologia LED.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem