https://autosolucoes.pt/campanhas/

Câmara de Famalicão investe o maior valor de sempre em bolsas de estudo ao ensino superior

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai atribuir, este ano, 364 bolsas de estudo aos jovens famalicenses que frequentam o ensino superior, quase mais cem do que no ano anterior, o que representa um esforço financeiro municipal no valor de 222.150 euros, o maior investimento de sempre no apoio aos alunos universitários.

A proposta para a atribuição das bolsas de estudo foi aprovada, nesta quinta-feira, em reunião do executivo municipal. Segundo o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “nestes tempos tão conturbados, marcados pela pandemia da Covid 19, aumentámos o investimento às bolsas de estudo, um apoio que consideramos absolutamente vital para que os jovens possam concluir os seus percursos educativos e sejam bem sucedidos do ponto de vista do seu plano de estudos”.

“São quase mais cem bolsas de estudo do que as 267 atribuídas no ano passado e mais 53 mil euros de investimento municipal. Em 2020, foram investidos 167 mil euros”, adiantou o autarca, salientando a importância desta medida nesta altura para muitas famílias famalicenses. “É uma retaguarda social muito eficaz porque assegura em muitos casos a conclusão dos estudos para estes jovens, que sem este apoio não os conseguiriam concluir”.

Os apoios atribuídos oscilam entre os 1100 euros e os 500 euros. Com 500 euros foram beneficiados 202 jovens, com 600 euros 67, com 700 euros 3, com 750 euros 45, com 850 euros 19, com 950 euros foi beneficiado um aluno. Com 1000 euros foram contemplados 17 jovens e com 1.100 euros 10.

Este ano, à semelhança do ano passado não haverá cerimónia de entrega das bolsas de estudo aos jovens, devido às medidas de contenção da pandemia. O apoio será atribuído através de transferência bancária.

Leia também...