Select Page

Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa em Santo Tirso (C/ Vídeo)

Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa em Santo Tirso (C/ Vídeo)

Com o intuito de “promover o Invest Santo Tirso, a Fábrica e todas as potencialidades de investimento que o Município possa ter”. O executivo tirsense esteve reunido com a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa (CCILF), na segunda-feira, 9 de maio.

Segundo Joaquim Couto, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, tratou-se de “uma reunião exploratória, como muitas outras que se vão fazer”, onde foram apresentadas as vantagens de investir no concelho, como “a localização estratégica”, a “rede de autoestradas” e, entre outros, “um conjunto de incentivos fiscais de carácter nacional e municipal que torna o município amigo das empresas e do investimento”.
Para o autarca, a CCILF é uma “parceira fundamental para a promoção do investimento em Santo Tirso”, porque “agiliza com o Estado e as associações empresariais portuguesas e com as congéneres francesas uma política mais macro, a nível europeu, de promoção do investimento português em França e do investimento francês em Portugal”. “Nesse sentido, é um parceiro muito importante já que a França é uma grande potência industrial a nível mundial e nós temos oferta de mão de obra altamente qualificada e todas as condições para a implementação de empresas”, completou.
A CCILF é uma rede de empresas portuguesas e francesas, sendo um interlocutor privilegiado das
comunidades de negócios de ambos os países. Para o presidente, Carlos Aguiar, foi “muito interessante e uma experiência nova ser convidado por uma câmara municipal numa região tão próspera e desenvolvida como Santo Tirso”. “Como português que sou, considero isto uma atitude muito boa e proactiva da parte dos poderes públicos de convidar a CCILF de vir conhecer o concelho. O senhor presidente teve a amabilidade de expor as vantagens e as características deste concelho, que o possa tornar ainda mais atrativo para o investimento francês em Portugal”, referiu.
E como a CCILF “não é um veículo de investimento”, mas o seu papel “é o estreitamento das relações económicas bilaterais entre França e Portugal”, o objetivo passa por “trazer investidores franceses a Portugal, fazer conhecer a França por parte de investidores portugueses e também de agentes comerciais, individuais e pequenas e médias empresas, que é normalmente o nosso foco”. “Tudo o que seja conhecer melhor as regiões de cada país, os concelhos e as vantagens competitivas da zona, para nós tem o maior interesse. O nosso papel é divulgar estas realidades junto da nossa rede de sócios, nomeadamente, e da nossa rede de câmaras de comércio”, mencionou.
Carlos Aguiar adiantou ainda que o Município de Santo Tirso tem “potencialidades” e, pela “forma de funcionar da Câmara”, está “bem organizada e tem uma atitude muito amigável para com o investimento”. “Iremos falar de Santo Tirso junto dos nossos sócios”, concluiu.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização