Câmara avança com a construção da Casa de Delães

Está para breve o arranque das obras de construção da nova Casa de Delães.
O executivo municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou, na passada
quinta-feira, a abertura do concurso público para a realização da empreitada, que vai dar uma nova vida ao edifício do antigo Centro de Saúde da freguesia.

A obra de reabilitação do espaço, que se encontra inutilizado há vários anos, foi lançada com um prazo de execução de 210 dias e um preço base de quase 600 mil euros, o maior investimento municipal de sempre realizado na freguesia.

Recorde-se que a nova Casa de Delães vai servir e acolher a comunidade e as
suas diversas valências, numa resposta à dinâmica cultural, associativa e
social da freguesia.

De acordo com o projeto, o emblemático edifício que está localizado na área
central da freguesia será alvo de uma remodelação profunda, através de obras
de adaptação e ampliação, preparando-se para acolher a junta de freguesia, o
posto CTT, um auditório com 268 lugares e espaços para as associações e
movimentos coletivos da freguesia.

Para o presidente da autarquia, Paulo Cunha, o lançamento da obra
representa “um passo muito relevante” na concretização da ambição da Câmara
Municipal de voltar a colocar o edifício ao serviço da comunidade.

O edil mostrou-se satisfeito com o arranque da obra e enalteceu a
importância do equipamento para a comunidade.

“Estivemos muitos anos à espera que o Estado transferisse a propriedade do
edifício para a Câmara Municipal para que pudéssemos fazer esta intervenção.
A cultura tem um papel muito importante no fortalecimento das nossas raízes
e da nossa identidade e queremos que também Delães possa dar um contributo
nesse sentido para o concelho”, afirmou.

Recorde-se que o edifício foi entregue ao município pela Administração
Regional de Saúde do Norte, em contrapartida pela cedência do terreno e
infraestruturas necessárias para a construção da nova unidade de saúde de
Delães, por parte da Câmara Municipal. A autarquia deu total cumprimento a
todos os compromissos contratualmente assumidos – o novo Centro de Saúde de
Delães viria a ser inaugurado em 2007 -, mas só em agosto de 2017 viu ser
formalizada a contrapartida assumida pela ARS Norte. 

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem