Select Page

Bombeiros testaram capacidade em desafio internacional

Bombeiros testaram capacidade em desafio internacional

Chama-se Survival Firefighter Challenge Portugal o desafio internacional que se realizou, a 28 e 29 de abril, na Maia. O objetivo era subir, no menor tempo possível, os 422 degraus, equivalentes a 20 pisos, da Torre do Lidador, sendo que o grau de dificuldade era acrescido porque os participantes tiveram que transportar o equipamento de combate a incêndio, de quase 20 quilos. Dois bombeiros da corporação de Riba de Ave e um da de Santo Tirso atreveram-se e quiseram testar as suas capacidades.

Alberto Sá tem 42 anos e é bombeiro há 25. Atualmente, é subchefe dos Bombeiros Voluntários de Riba de Ave e quis testar a sua “capacidade”, mas também “ser um exemplo para os seus subordinados”. “A prova foi bastante difícil”, contou ao Jornal do Ave. Trata-se de uma “subida contra o tempo, com o equipamento de proteção individual para combate a incêndios urbanos e industriais, desde as botas ao capacete, incluindo o aparelho respiratório”, descreveu. A partir do 15.º andar, contou, as coisas tornaram-se “mais difíceis”, mas bateu, de longe, a sua expectativa de precisar de seis a sete minutos para concluir a prova. Este soldado da paz subiu os 20 andares em “três minutos e 41 segundos”, que lhe valeu o “7.º lugar”. “O mais importante não é vencer, mas sim nunca desistir”, asseverou.

Leia a notícia completa na edição papel nº131 do Jornal do Ave.

Videos

Loading...

Siga-nos

Edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização