Blogger de Famalicão partilha “Intimidades na Cozinha”

Ana Teixeira lançou, há quatro anos, um blogue de culinária, onde partilha as experiências que faz na cozinha. O “Intimidades na Cozinha” é um projeto em crescimento, que já motivou a realização de uma mostra gastronómica, em Vila Nova de Famalicão.

Na cozinha do estabelecimento comercial da mãe, Ana Teixeira alimentava-se e alimentava o gosto pela culinária. Foi lá que deu os primeiros passos na área, voluntariando-se para fazer o empratamento das refeições que eram servidas aos clientes. Estará aqui a génese da paixão desta famalicense de 35 anos, que não se lembra exatamente da primeira experiência gastronómica, cuja prática foi sendo aprimorada naturalmente, a estrelar ovos, a grelhar bifes, a assar carne e peixe. Ainda assim recorda-se de que os primeiros pratos completamente confecionados pelas suas mãos foram “paelha e bacalhau à Gomes de Sá”.

A culinária é, desde há muito, uma paixão, mas foi sendo sempre conjugada com outras prioridades, como a formação académica, com a licenciatura e mestrado em comunicação social e, agora, com a atividade profissional como assessora de comunicação de uma instituição de Ensino Superior. À exceção de “formações” que frequenta para “determinadas áreas gastronómicas” e “aperfeiçoamento de algumas técnicas”, Ana Teixeira não tem especialização na área da culinária, mundo que conhece principalmente devido ao espírito autodidata. Mantém nos planos “fazer um curso”, mas enquanto não lhe é possível vai explorando o blogue que criou, depois de desafiada pelos amigos. “Gosto de ter a casa cheia, gosto de cozinhar para os amigos e partilhar as minhas experiências gastronómicas e eles foram-me aconselhando a criar um blogue para partilhar com outras pessoas esta minha paixão. Achei a ideia interessante e decidi avançar”.

Mal sabia que do “forno” iria sair um projeto “tão saboroso”. O “Intimidades na Cozinha”, intimidadesnacozinha.com, dura já há quatro anos e para a famalicense é considerado um “filho”, que divide o amor da mentora com o cão Caril.
“A experiência até aqui tem sido ótima e bastante positiva. Tenho tido bons feedbacks, pessoas que me seguem e me enviam fotografias de receitas minhas que fazem, que me enviam mensagens a felicitar pelo trabalho ou mesmo para tirar dúvidas desta ou daquela receita”, revelou.

Com o curso de fotografia profissional e a pós-graduação feita em marketing digital, Ana Teixeira aprendeu a “tirar o máximo partido do blogue”, ao ponto de, recentemente, ter realizado uma mostra gastronómica na central de camionagem de Vila Nova de Famalicão. O evento, realizado a 15 de fevereiro, contou com a presença de mais de uma dezena de marcas nacionais e regionais, que apresentaram os seus produtos aos visitantes, e ficou marcada pela conversa com o chefe de cozinha Leonel Fernandes, que participou na 2.ª edição do Masterchef.

Um projeto a crescer

O “Intimidades na Cozinha” conta com o apoio de peso de várias marcas, como a cadeia de supermercados Auchan, a charcutaria Primor, a Life in a Bag, a Vieira, as madeiras Gradirripas e o Cantinho das Aromática. Estas parcerias acabam por valorizar o projeto. “Algumas delas foram contactadas por mim, devido ao meu interesse em estabelecer parcerias com as quais me identifico, outras contactaram-me e há também aquelas que vou experimentando e dando a minha opinião, acabando por criar parcerias”.

Os produtos regionais, para Ana Teixeira, são elemento fundamental para ter “uma boa cozinha”. “Não é à toa que alguns restaurantes já estabelecem duas a quatro ementas por ano, de acordo com as estações. Desta forma aproveitam os produtos sazonais, assim como despertam a curiosidade no cliente”, explica, sem deixar de confirmar a crescente procura destes alimentos na gastronomia portuguesa, que desta forma “consegue oferecer mais sabores e uma experiência mais completa”.

O bacalhau, por exemplo, não sendo o que mais aprecia a comer, é um dos ingredientes que a blogger mais gosta de confecionar, pela “versatilidade” e relação com a cozinha lusa.

Como traços identitários tem a cor e a textura e nos pratos abusa das leguminosas, para “balançar, nutricionalmente, os pratos”. Nas sobremesas, as “junções improváveis” reinam, assim como a substituição dos açúcares e das farinhas refinadas por “alternativas saudáveis”, sem colocar em causa o sabor, que fica “melhor ainda”. Por isso, é natural que as farinhas de espelta, aveia, coco, alfarroba e millet estejam no top de ingredientes mais utilizados. Quanto aos ingredientes mais versáteis, elege os ovos e a aveia.

Diariamente, Ana Teixeira acorda entre as 6.30 e as 7 horas para preparar a alimentação que faz durante o dia. É nesta rotina que coloca em prática as experiências gastronómicas que, quando estão “no ponto”, são partilhadas com os seguidores. A inspiração para os pratos vem, na maior parte das vezes, no ginásio, local onde a famalicense recarrega baterias e tem “as melhores ideias”.

O futuro

Depois da experiência “bastante positiva” da primeira mostra gastronómica, Ana Teixeira já decidiu que vai repetir o evento no próximo ano. Dois mil e vinte um marcará também na história o lançamento do primeiro livro de receitas da famalicense, marcando assim o quinto ano de “Intimidades na Cozinha”.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem