Select Page

Aves perdeu no Belenenses

O Belenenses venceu este sábado o Desportivo das Aves por 5-2, na 14.ª jornada da I Liga de futebol, num jogo em que esteve a perder por duas vezes, mas que acabou por resolver na segunda parte.

Sem perder há oito jogos, o Belenenses devolveu o resultado da partida da última época, no qual o Desportivo das Aves venceu pelos mesmos números, e prolongou para quatro os jogos que a equipa de José Mota já leva sem vencer na I Liga.

O jogo começou com o primeiro golo do Desportivo das Aves, logo no primeiro minuto do encontro. Numa jogada rápida pelo flanco direito, Rúben Oliveira abriu para Mama Baldé, o avançado foi até à linha final e cruzou para Nildo Patrolina, que sem dificuldade encostou para o 1-0, fazendo o seu segundo golo neste campeonato.

O Belenenses não demorou a responder e, aos 4 minutos, Licá marcou o melhor golo da noite, num pontapé ‘moinho’ todo no ar, sem hipótese de defesa para André Ferreira.

Reposta a igualdade, a equipa orientada por Silas tomou conta do jogo, ao passo que o Desportivo das Aves preferiu o contra-ataque para pôr em sentido a defesa ‘azul’. Aos 17 minutos, o Belenenses voltou a marcar, por Sasso, mas Nuno Almeida anulou o golo por fora de jogo do defesa.

Aos 26 minutos, o Belenenses esteve novamente perto da vantagem, mas acabou por ser castigado pela eficácia e rapidez do ataque do Desportivo das Aves. Depois de um lance em que Licá viu André Ferreira tirar-lhe o 2-1 com uma defesa impressionante com a ponta do pé, o lance seguiu para os pés de Mama Baldé, que, num lance praticamente igual ao do golo inaugural da partida, percorreu todo o corredor direito e descobriu Amilton livre no segundo poste. Uma vez mais, o avançado só teve de encostar, fazendo o 2-1 para a equipa de José Mota.

Novamente em desvantagem, o Belenenses voltou a carregar sobre a equipa de Vila das Aves e o 2-2 surgiu aos 35 minutos em mais um belo golo, desta feita por Henrique: o avançado recebeu já dentro da área uma bola que chegou da cabeça de Diogo Viana, orientou com o pé direito e, já com a ‘mancha’ de André Ferreira pela frente, atirou de pé esquerdo para o poste mais distante, fazendo o 2-2 com que se chegou ao intervalo.

A segunda parte iniciou com o mesmo ritmo com que terminou a primeira, com as duas formações à procura da vantagem, que acabou por surgir para a equipa do Belenenses, aos 54 minutos, num lance infeliz de Vítor Gomes, que, ao tentar cortar de cabeça um livre batido para a área avense, acabou por ‘trair’ André Ferreira.

Já a jogar em contra-ataque e com o Desportivo das Aves à procura do empate, o Belenenses ampliou a vantagem por Licá. Aos 68 minutos, o avançado apareceu solto no lado direito, arrancou para a baliza e só parou quando disparou para o 4-2, bisando no jogo.

Com a desvantagem de dois golos no marcador, a equipa do Desportivo das Aves desmoronou-se e o Belenenses aproveitou para avançar para a goleada. Aos 71, Henrique fez o 5-2 e bisou também na partida, finalizando na pequena área um lance em que Licá voltou a ser protagonista, ao fazer a assistência.

Fonte Lusa

Foto Desportivo das Aves

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização