Aves perdeu com Benfica B

O Benfica B venceu hoje na visita ao Desportivo das Aves, por 2-1, na quinta jornada da II Liga portuguesa de futebol, tendo assim obtido o segundo triunfo seguido fora de casa.

Os benfiquistas bateram o Vizela a meio da semana, também por 2-1, e agora ficaram novamente com os três pontos graças à sua eficácia concretizadora, contra um adversário que pecou precisamente por ter sido muito perdulário, uma vez que não lhe faltaram ocasiões de golo.

O Benfica adiantou-se no marcador através de um contra-ataque rápido que Heriberto, isolado frente a Quim, transformou no primeiro golo (25), depois de uma fase em que o Aves esteve por cima, foi mais rematador e parecia ter o jogo controlado.

Os locais recompuseram-se desse golo minutos depois e tanto Guedes como Pedró podiam ter feito o empate ainda antes do intervalo, mas, mais uma vez, a finalização não foi a melhor.

Na segunda parte, o Aves entrou pressionante, impôs um ritmo intenso e aos 48 minutos, André Ferreira evitou o empate com uma defesa de recurso, após remate de Barry, em que bola ainda foi à barra.

O mesmo Barry, um dos mais inconformados dos anfitriões, voltou a estar perto do golo, aos 50 minutos, mas o Benfica B, que fez do contra-ataque a sua principal arma, respondeu logo da seguir por Heriberto, que cabeceou ao poste da baliza de Quim.

Os locais mantiveram a pressão e acabaram por ser recompensados com a igualdade, graças a um bom cabeceamento do inevitável Barry (59), pouco depois de ter sido pedida, em vão, uma grande penalidade contra os visitantes.

A vitória benfiquista chegou após mais um contra-ataque conduzido por Dálcio, que apanhou desprevenida a defesa do Aves e que Diogo Gonçalves finalizou fazendo o 2-1 final.

Aos 77 minutos, Pedró, de livre direto, acertou na barra da baliza ‘encarnada’ e, daí até ao fim, o que se viu foi um Aves, esforçado, mas com pouca lucidez, em busca do empate e um Benfica fechado na sua grande de área e a jogar o mais possível com o relógio, tentando assim segurar os três pontos.

O Benfica B soma agora oito pontos e o Aves, que tem menos um jogo e perdeu pela primeira vez no seu reduto, continua com cinco.

Jogo no Estádio do CD Aves, na Vila das Aves.

Desportivo das Aves – Benfica B, 1-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Heriberto, 25 minutos.

1-1, Barry, 59.

1-2, Diogo Gonçalves, 63.

Equipas:

– Aves: Quim, Renato Reis (Romaric, 35), Hackman, João Pedro, Nélson Pedroso, Ericson (Yaya Bamba, 31), Zé Tiago, Bruno Alves (Caetano, 65), Pedró, Guedes e Barry.

(Suplentes: Marco Pinto, Leandro Souza, Romaric, Balogun, Caetano, Yaya Bamba e Theo Mendy).

Treinador: Ivo Vieira.

– Benfica B: André Ferreira, Benitez, Rúben Dias, Francisco Ferreira, Yuri Ribeiro, Pedro Rodrigues, Heriberto, Gonçalo Rodrigues, Dálcio, Diogo Gonçalves (Buta, 84) e José Gomes (Gilson, 76).

(Suplentes: Ivan Zlobin, Gilson, Saponjic, Carlos Ponck, Pedro Amaral, Escobal, e Buta).

Treinador: Hélder Cristóvão.

Árbitro: Jorge Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Pedro (35), Hackman (45), André Ferreira (68), Benitez (73) e Rúben Dias (45+1).

Assistência: cerca de 1.100 espetadores.

Texto: Lusa
Foto: Vasco Oliveira

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem