Aves perde com Farense

Um livre direto de Celsinho, aos 90 minutos, deu hoje a vitória ao Farense na receção ao Desportivo das Aves, por 2-1, em jogo da 45.ª jornada da Segunda Liga, deixando os algarvios a sonhar com a manutenção.
Depois de Irobiso, aos 02 minutos, e André Dias, aos 18, terem levado o jogo em igualdade para o intervalo, a equipa algarvia acabou por festejar um triunfo suado graças ao tento do jovem lateral-esquerdo formado no Farense.

A vitória deixa o Farense no 21.º lugar, com 51 pontos, à partida para a última jornada, precisando de vencer o Gil Vicente e esperar por resultados negativos de adversários diretos para poder assegurar a permanência, enquanto o Desportivo das Aves ocupa o sétimo lugar, com 66.

O Farense entrou da melhor maneira, ao inaugurar o marcador logo no segundo minuto, quando Femi Balogun rompeu pela defensiva avense, rematou para defesa de Quim e Irobiso, na recarga, cabeceou para golo.

Os forasteiros responderam e chegaram à igualdade ao minuto 18, com um remate forte com o pé esquerdo de André Dias, em posição frontal, à entrada da área, na sequência de um livre atrasado de Pedró.

Apesar do equilíbrio no jogo, o Farense desperdiçou as melhores ocasiões no último quarto de hora da primeira metade, nomeadamente por Harramiz, que permitiu a defesa de Quim (35) na ‘cara’ do guarda-redes, e André Afonso, num remate de meia distância ao lado (40).

A segunda parte teve um início repartido e sem emoção e só ‘aqueceu’ com um ‘tiro’ de Irobiso à barra, aos 73 minutos, lance que espoletou uma forte ‘ponta’ final de jogo para os locais, remetendo os avenses para a sua grande área.

Quim ainda evitou o golo com duas defesas de grande qualidade, nos remates de Irobiso (82) e Rambé (88), mas não conseguiu parar o livre direto assinado por Celsinho, ‘em cima’ do minuto 90, efusivamente celebrado pelas centenas de adeptos presentes.

Lusa

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização