Aves eliminado da Taça da Liga

O Portimonense venceu a primeira eliminatória da Taça da Liga, ao eliminar o Desportivo das Aves, por 3-0, em Portimão, resultado construído na primeira parte.

No primeiro jogo oficial da época, André Carvalhas abriu o marcador, aos 14 minutos, Mamadu (25) aumentou a vantagem, e Fabrício (45) assinou o terceiro golo dos algarvios, antes do intervalo.

Numa partida jogada sob temperatura elevada, foi o Portimonense quem entrou melhor, assumindo o controlo do jogo, e a primeira equipa a dar o primeiro sinal de perigo, com André Carvalhas, aos cinco minutos, a rematar a escassos centímetros da baliza de Quim.

O Desportivo das Aves, incapaz de contrariar o melhor futebol da formação de José Augusto, resistiu até aos 14 minutos, altura em que André Martins finalizou com êxito, um contra-ataque dos algarvios, assistido por Pires.

O golo deu ainda maior alento aos algarvios, que aos 25 minutos, dilataram o marcador por intermédio de Mamadu, isolado com um passe de Fidelis, tendo desviado de cabeça por cima do guarda-redes Quim.

A velocidade e a maior pressão ofensiva do Portimonense, resultariam no terceiro golo, ainda antes do intervalo, com Fabrício a finalizar em cima da linha de golo, após assistência de Ewerton.

No segundo tempo, o Portimonense limitou-se a gerir o marcador, deixando ao Desportivo das Aves a iniciativa do jogo, mas ainda assim foi a equipa que mais oportunidades de golo construiu para dilatar o marcador.

Pires, aos 47 minutos, isolado, André Carvalhas (49) e Fabrício (53 e 58) foram incapazes de bater o guarda-redes adversário.

Tarcísio (62) e Felipe Martins (72) desperdiçaram as melhores oportunidades para reduzir a diferença, em dois lances em que o guarda-redes Ricardo Ferreira se aplicou mantendo a sua baliza inviolável.

Na próxima eliminatória da Taça da Liga, o Portimonense vai jogar com o Penafiel que hoje venceu o Olhanense (2-0).

Jogo disputado no Estádio Municipal de Portimão.

Portimonense-Aves, 3-0.

Ao intervalo: 3-0.

Marcadores:

1-0, André Carvalhas, 14 minutos.

2-0, Mamadu, 25.

3-0, Fabrício, 45.

– Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Marcel, Mamadu, Dener (Ryuki, 75), André Carvalhas (Fernandinho, 65), Fidelis, Ewerton, Fabrício (Buba, 59) e Pires.

(Suplentes: Carlos Henrique, Ryuki, Fernandinho, Chace, Alfredo, Buba e Ferreira).

Treinador: José Augusto.

– Desportivo das Aves: Quim, André Costa, Romaric, Emanuel Edet, Nelson Pedroso, Renato Reis, Tarcísio, Anton (Felipe Martins, 46), Ernest (Perdigão, 62), Pedro (Ericsson, 77) e Theo Mendy.

(Suplentes: Diogo Freire, João Amorim, Felipe Martins, Perdigão, Zé Valente, Ericsson e Vítor Alves).

Treinador: Carlos Castro.

Árbitro: Bruno Rebocho (Évora).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ernest (44), Tarcísio (54), Theo Mendy (90+1) e Renato Reis (90+3).

Assistência: Cerca de 600 espectadores.
Lusa

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem