Auto Soluções

As regras do jogo: aprender antes de começar é a base para a vitória

Antes de tomar um medicamento, é fundamental ler a bula. Isto porque, as informações contidas neste pequeno pedaço de papel oferecem detalhes importantes sobre as especificações do medicamento, as suas formas de uso e efeitos colaterais. 

O mesmo ocorre noutros aspetos da vida, seja ao iniciar um novo trabalho ou para jogar um jogo de tabuleiro com os amigos.

A importância das regras

Nesse sentido, saber regras é fundamental em qualquer atividade. Sim, existem limites estabelecidos e umas quantas normas que se estendem a toda e qualquer ação. Por exemplo, não existem normas que delimitam a ação da restauração?

Por isso, não é de estranhar que existam até nos momentos de lazer. Afinal, no cinema não se pode conversar, os jogos têm as suas regras, o futebol também conta com um extenso livro de normas, está tudo bem delimitado.

No caso do desporto, sejam os desportos físicos, como futebol e basquetebol, ou os mentais, como poker e xadrez, e, até mesmo, os eSports, todos são regidos por uma série de regras que ajudam a estabelecer o limite das ações e manter a competitividade. O mesmo ocorre no mais simples jogo de cartas ou de tabuleiro, não importa se é um jogo individual ou coletivo, todos contam com as suas especificidades. Assim, conhecer bem as regras de qualquer jogo é o primeiro passo para se divertir, já que o conhecimento sobre as mesmas ajuda no desenrolar da partida. 

Vejamos alguns exemplos:

Basquetebol

No basquetebol, mais especificamente, na NBA, existe um código de vestuário aplicado aos atletas e também para aqueles que por alguma razão não estão disponíveis na ficha de jogo, mas que vão ao pavilhão apoiar os seus companheiros a partir do banco da equipa. 

No caso, quando se trata dos jogadores em campo, estes devem ter a camisola por dentro dos calções, e foi justamente neste “pequeno” detalhe que o veterano Chris Paul agarrou para conseguir um ponto extra para a sua equipa.

A partida entre Oklahoma City Thunder e Minnesota Timberwolves encontrava-se nos momentos finais, os visitantes venciam por 3 pontos e tinham à sua disposição 2 lances livres. O primeiro foi desperdiçado, e nesse momento, o treinador do Minnesota faz uma substituição e colocou em campo Jordan Bell, que entrou com a camisola por fora dos calções. O base dos Thunder, Chris Paul, chamou a atenção do árbitro para tal facto e conseguiu que fosse marcada uma falta técnica por Delay of game (atraso de jogo). Aquela foi a segunda falta técnica de Bell, excluindo-o do jogo. Danilo Gallinari anotou o lance livre proveniente da punição. No final, os Thunder conseguiram empatar espetacularmente (ver vídeo abaixo) e, posteriormente, vencer a partida no prolongamento. Tudo isto porque CP3 conhecia bem demais… as regras.

Ténis

O ténis é outro desporto que conta com regras claras e bem definidas. Além daquelas que estão escritas, também existe um código de comportamento para os atletas. Desta forma, mantém-se a pose e elegância durante as partidas. No entanto, ao longo dos anos, muitos foram os tenistas que fizeram das regras algo “flexíveis”, um exemplo atual desse modelo é o Nick Kyrgios.

Quase sempre envolto em polémicas, o tenista australiano aprontou das suas na grande final do torneio de Wimbledon, onde enfrentou o multicampeão Novak Djokovic. No terceiro set, Kyrgios perdeu a paciência com uma espectadora que, segundo o atleta, “estava a falar muito durante os pontos” e, com isso, a fazer com que este perdesse a concentração. O tenista pediu ao árbitro que a mulher fosse retirada, pois, estaria “bêbada”. E não ficou por aí, após perder a partida, o australiano trocou o seu boné branco, cor oficial e obrigatória no torneio inglês, e colocou um de cor vermelha para receber o prémio. Devido à linguagem utilizada no momento da reclamação, Kyrgios foi multado em 4 mil dólares, por “linguagem ofensiva diante da realeza”, dado que o príncipe William e parte da sua família, inclusive o pequeno príncipe George, acompanhavam a partida.

Desportos Mentais

Longe do suor dos campos, no poker não é diferente. Qualquer novo jogador deve atentar-se aos princípios básicos do jogo. Para isso é fundamental conhecer as regras, a ordem dos turnos, detalhes sobre apostar, cobrir ou desistir, além disso, um conhecimento fundamental são as sequencias poker, que definem o vencedor.

Neste campo existem variantes, uma delas é desempatar a ronda quando dois jogadores têm as mesmas combinações. Por exemplo, no caso de uma igualdade entre dois quatros com as mesmas cartas, o vencedor será aquele que tenha o kicker mais alto, ou seja, a quinta carta, aquela que sobra será o fiel da balança. Além disso, as sequências também dão nome às combinações como Full HouseFlush Straight, que respetivamente são: um par e um trio, uma combinação de cinco cartas do mesmo naipe e uma sequência de cinco cartas.

Outro desporto mental que exige conhecimentos básicos é o xadrez. Pode até parecer simples, contudo, não se engane, até o tabuleiro tem uma posição correta: cada jogador deve ter a casa branca no canto inferior direito. Além disso, a disposição das peças deve seguir um padrão, e um ponto fundamental é a movimentação de cada uma delas, segundo o seu tipo, como a dama ou o cavalo.

O xadrez também conta com regras especiais, como a do peão promovido. Tal facto acontece quando um peão consegue cruzar todo o tabuleiro e chegar ao outro lado, nesse momento o jogador pode promover o seu peão a qualquer outra peça, com exceção do rei. Normalmente a escolha é pela dama, a peça mais versátil do jogo.

Com efeito, todos os jogos contam com as suas regras específicas, conhecê-las oferece aos jogadores um leque maior de possibilidades. Além disso, jogar segundo as regras é fundamental para desfrutar do jogo.

Leia também...