As “Memórias” da 2.ª Guerra Mundial

Através da literatura, música e cinema, as “Memórias” da 2.ª Guerra Mundial e do Holocausto vão ser invocadas em Santo Tirso.
Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Santo Tirso, promovida em parceria com a Escola Secundária D. Dinis, que pretende assinalar o Dia Internacional da Memória de Shoah (Holocausto Judeu), assinalado a 27 de janeiro.
Assim, pelas 15 horas do dia 25 de janeiro, a Biblioteca Municipal acolhe a primeira sessão, denominada “Memórias: perguntem a Sarah Gross”, que contará com a exibição do filme, um recital de música pelo professor Maurizio Padovani, intitulado “O Violino de Auschwitz”, e um encontro com o escritor João Pinto Coelho, que falará sobre o seu livro, empreendendo um debate sobre o Holocausto: causas e consequências.
“O Violino de Auschwitz” volta a ser destaque no dia 17 de fevereiro, pelas 21 horas, onde também será exibido um filme e decorrerá um encontro com o escritor João Pinto Coelho. A iniciativa contará com dois momentos: um para o público em geral e outra para os estudantes.
A última sessão decorre no dia 22 de fevereiro, pelas 15 horas, com a exibição do filme “A vida é bela”, de Roberto Benigni, que, ambientado na dura realidade da 2.ª Guerra Mundial, conta a história de um homem que usa a sua imaginação e o seu infatigável espírito para salvar aqueles que mais ama.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem