https://autosolucoes.pt/dia-do-cliente/

Armindo Araújo e Luís Ramalho vice-campeões

Armindo Araújo e Luís Ramalho sagram-se, hoje, vice-campeões do CPR, após terem abandonado o Rali de Mortágua prematuramente, facto que os impediu de lutar, até ao derradeiro quilometro, pela vitória na prova e revalidação do título. 

Uma saída de estrada, na primeira especial da prova organizada pelo Clube Automóvel do Centro, deitou por terra as aspirações da dupla do Skoda Fabia R5 e, a partir daí, as contas finais ficaram praticamente decididas. “Infelizmente sofremos um furo no primeiro quilómetro e, numa travagem mais forte, poucos metros depois saímos de estrada. Não havia nada a fazer e, dado o resultado conseguido pelo Ricardo Teodósio, não conseguimos revalidar o título por um ponto. Não era este obviamente o desfecho que procuramos e que trabalhamos toda a temporada, mas os ralis são mesmo assim. Muitos parabéns aos vencedores, a todos os que acreditaram em nós e a toda a minha equipa. Para o ano estaremos cá de novo para poder lutar pelas vitórias e pelo título”, disse Armindo Araújo. 

O Rali de Mortágua encerrou assim a temporada 2021 do Campeonato de Portugal de Ralis, num ano onde Armindo Araújo e Luís Ramalho conseguiram mais vitórias, foram os vencedores e líderes do maior número de provas especiais de classificação, mas obtiveram menos um ponto que os novos campeões nacionais

Leia também...