Auto Soluções

Alunas do INA vencem “O Meu Projeto é Empreendedor”

“Clean Bed”, o projeto final da Prova de Aptidão Profissional (PAP) das alunas Sónia e Cátia Vaz, que frequentaram o curso técnico auxiliar de saúde do INA, foi o vencedor do concurso “O Meu Projeto é Empreendedor”, promovido pela Rede Local de Educação e Formação de Vila Nova de Famalicão. 

Este projeto visa reconhecer e valorizar o trabalho desenvolvido pelos alunos no âmbito do seu percurso escolar. O desafio é que desenvolvam projetos capazes de ser propostas de valor para o mercado e foi precisamente essa a ideia das alunas que, no âmbito da sua experiência de estágio, desenvolveram a “Clean Bed”, que é a designação de um sistema integrado num resguardo reutilizável para camas, com a integração de sensores que monitorizam dados do utilizador como a temperatura corporal, se está sujo emitindo sinais de alerta para que seja  mudado, garantindo assim os níveis de qualidade e bem estar dos utilizadores. Este sistema permite ainda identificar a presença ou não do utilizador na cama, constituindo-se uma mais valia para todos os que a utilizam.

“Na experiência de estágio notamos que esta monotorização poderia ajudar os técnicos a uma maior eficácia na deteção destes parâmetros, avançamos com o desenvolvimento da ideia e estamos entusiasmadas com a possibilidade de a patentear e encontrar parceiros para a sua implementação” disseram no final.

O segundo prémio do concurso foi para um sistema de medição de diâmetros de bobines de fio têxtil, do curso técnico de eletrónica e automação da Escola profissional Forave e dos alunos Francisco Costa, Rafael Machado e Carlos Mesquita. O terceiro prémio foi atribuído ao “DES -Dynamic Evacuation System”, dos alunos Tomás Filipe e Cristóvão Silva, do curso técnico de eletrónica da Escola Secundária D. Sancho I.

Este ano os projetos foram avaliados por um júri representativo das parcerias estratégicas do município de Vila Nova de Famalicão, em critérios como a inovação, a exequibilidade e o impacto social e económico das ideias empreendedoras.

O presidente da Câmara Municipal elogiou “a inovação, o arrojo e a mais-valia das muitas ideias apresentadas”salientando que “este concurso desafia os alunos a demonstrar conhecimento, capacidade criativa, a saber-criar, mais ainda nesta fase em que estão, na transição entre o final do ciclo de estudo e a entrada no mercado de trabalho. Ideias que vão ao encontro do Made INovar que queremos fazer crescer no nosso território”, disse Mário Passos.

A cerimónia de entrega de prémios – com valor de mil euros para as vencedoras e de quinhentos euros para os segundos e terceiros classificados – decorreu esta quarta-feira na Praça – Mercado de Famalicão, onde os alunos tiveram os trabalhos em exposição para apreciação do júri.

“O Meu Projeto é Empreendedor” foi apadrinhado e patrocinado pela Louropel, CEVE – Cooperativa Elétrica do Vale do Este e pela Continental e é desenvolvido pelos pelouros da Educação e Economia do Município de Famalicão, com o objetivo de fomentar o empreendedorismo junto dos alunos dos cursos profissionais da Rede Local de Educação e Formação.

Leia também...