Agasalhe-se! Vai fazer mesmo muito frio sexta e sábado

A Proteção Civil alertou para os riscos das temperaturas baixas esperadas na próximas 48 horas, desde a formação de gelo ao perigo de intoxicações por causa de lareiras e braseiras sem ventilação adequada.

Num aviso à população divulgado ao início da tarde, a Autoridade Nacional de Proteção Civil reitera as previsões mais recentes do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que antecipa temperaturas mínimas entre quatro graus negativos e seis graus e máximas que não deverão ir além dos 18 graus em todo o território continental na sexta-feira.

O “desconforto térmico elevado” deverá estender-se até à madrugada de sábado e a Proteção Civil recomenda cuidados especiais com crianças, idosos, doentes crónicos e pessoas sem abrigo.

Recomenda que se ventilem as casas em que haja lareiras ou braseiras, que se desliguem os aparelhos de aquecimento durante as horas de sono e, na estrada, a adoção de condução defensiva com atenção a troços com gelo.

Em conjunto com a Direção Geral da Saúde, recomenda ainda que a população se resguarde da exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura, que se usem várias camadas de roupa e se prefira sopas e bebidas quentes para aquecer em vez de álcool, “que proporciona uma falsa sensação de calor”.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização