Abertas candidaturas a Selos Famalicão Visão’25

Já abriram as candidaturas aos Selos Famalicão Visão’25, uma iniciativa da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão que “identifica e reconhece as boas práticas com impactos positivos”.

O período das candidaturas decorre até 31 de maio e o formulário de inscrição está disponível online, na página oficial do município em www.vilanovadefamalicao.org. Podem concorrer aos selos empresas, associações, escolas ou movimentos informais.
Entretanto, será promovida uma oficina de preparação e apoio às candidaturas, pelas 10 horas do dia 20 de março, na Casa do Território, no Parque da Devesa. Os interessados podem inscrever-se na oficina até 18 de março, através do envio de nome e entidade que representa para o e-mail dpee@vilanovadefamalicao.org.
Os Selos Famalicão Visão’25 “reconhecem e valorizam, publicamente, iniciativas, ações ou projetos, produtos ou serviços que contribuem para a afirmação do concelho como uma sociedade coesa e solidária, com uma economia inovadora e empreendedora, em convivência com uma paisagem urbano-rural ambientalmente qualificada e única”. No fundo, o selo representa “um prémio que identifica e reconhece as boas práticas com impactos positivos no território, na economia e na sociedade, que sejam inovadoras e inspiradoras, que expressem os valores e reforcem a identidade famalicense”.
Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, quer “que estas iniciativas sirvam de exemplo para a comunidade e sejam também um motivo de orgulho coletivo”.
A atribuição de selos surge no âmbito do Plano Estratégico 2014-2025 para o concelho e integra quatro categorias. A primeira diz respeito ao projeto Famalicão Made In e abrange os projetos empreendedores que potenciam a incorporação tecnológica e a aplicação de soluções de futuro, desenvolvendo uma economia baseada no conhecimento e na inovação e que aumentam a competitividade e internacionalização. A segunda categoria tem a ver com o programa B -Smart Famalicão e irá reconhecer os projetos que promovam uma economia mais eficiente na utilização dos recursos. Na terceira categoria está a Força V do concelho, que se traduz em Famalicão Voluntário, e que inclui os projetos que reforçam o capital social presente nas práticas de intervenção e animação comunitária e impulsionam novos ambientes de participação e envolvimento ativo. Por fim, na categoria Famalicão Comunitário são reconhecidos os projetos que promovam a corresponsabilização dos cidadãos e que se distingam enquanto projetos coletivos, de cooperação e colaboração entre atores públicos e privados e potenciadores dos valores do futuro.
A atribuição do selo será decidida por um júri, constituído por diversas pessoas de diferentes áreas. Mais informações em http://www.vilanovadefamalicao.org/_selos_visao_25

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização