Select Page

Abade de Vermoim e S. Tiago da Cruz com novos Centros Paroquiais

Abade de Vermoim e S. Tiago da Cruz com novos Centros Paroquiais

As freguesias de Abade de Vermoim e de S. Tiago da Cruz, de Vila Nova de Famalicão têm os seus centros paroquiais valorizados por via da requalificação urbanística dos respetivos adros e da reconversão das  antigas residências paroquias em centros pastorais.

O dia de domingo, 27 de setembro, foi de festa nas duas freguesias famalicenses, com a inauguração dos equipamentos e a sua entrega simbólica à comunidade.

Em Abade de Vermoim, o Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, acompanhado pelo pároco da freguesia, Horácio Moreira, assinalou a entrega à comunidade do novo centro paroquial, construído a partir da reabilitação da antiga residência paroquial, edifício que já no Séc. XIX havia servido de cenário à novela de Camilo Castelo Branco “O Comendador”, inserida na obra “Novelas do Minho”, e um renovado adro. No total, as obras corresponderam a um investimento superior a 300 mil euros, sendo 100 mil euros para as obras do adro, com financiamento de 70 por cento da Administração Central através do PIDDAC. Já o Centro Paroquial teve um custo superior a 200 mil euros, maioritariamente suportados pela paróquia. A Câmara Municipal, que se fez representar na cerimónia pelo vereador para as Freguesias, Mário Passos, ofereceu o projeto de arquitetura para as duas intervenções e ajudou com a beneficiação dos acessos.

Já em S. Tiago da Cruz, o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, e o pároco da freguesia, Domingos Machado, deram por concluídas as obras de construção do novo Centro Paroquial, que nasceu também da recuperação e ampliação da antiga residência paroquial. O novo equipamento pastoral é constituído por quatro salas para catequese e para apoio a movimentos pastorais da freguesia, um mini-auditório, sala para sede de escuteiros com acesso a um pequeno terreno para atividades exteriores, e um cartório paroquial.

A empreitada, a que se juntou a requalificação do adro e pintura da igreja paroquial correspondeu a um investimento de 210 mil euros, suportados pela comunidade. A Câmara Municipal ofereceu o projeto de arquitetura.
Inaugurao do adro da igreja de Abade Vermoim

Para o Presidente da Câmara Municipal as duas obras são importantes porque  “permitiram requalificar património paroquial histórico, dando-lhe novas funcionalidades que servem o interesse público das populações”. Paulo Cunha reforçou mesmo o importante papel do trabalho pastoral desenvolvido nas paróquias, “um trabalho aberto e inclusivo que ajuda a construir uma comunidade mais coesa, tolerante e solidária.”

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização