Select Page

“Vamos salvar a vida da Joana Sousa”, uma “menina de quatro anos que precisa de um transplante de medula óssea”. Para encontrar “um dador de medula óssea compatível com ela”, familiares e amigos estão a promover uma recolha de amostras e inscrições de potenciais dadores de medula óssea, entre as 9 e as 13 horas do dia 10 de junho, na Associação Dadores de Sangue de Vila Nova de Famalicão, situada na Avenida Dr. Carlos Bacelar.
A organização apela à sociedade que participe nesta colheita. Para isso, solicita-se que faça a sua pré-inscrição, indicando o nome completo e contacto, através da Associação Dadores de Sangue ou do email ajudarajoanasousafamalicao@gmail.com.
Para se registar como dador de medula óssea tem que ter entre 18 e 45 anos, um peso minino de 50 quilogramas e altura superior a 1,5 metros, ser saudável e nunca ter recebido transfusões após 1980. Na colheita vai preencher um questionário e, caso reúna as condições necessárias, ser-lhe-á retirada uma pequena amostra de sangue.

Dia do Dador de Sangue Famalicense
A recolha de amostras e inscrições de potenciais dadores de medula óssea está integrada no Dia do Dador de Sangue Famalicense, que conta ainda com uma colheita de sangue.
O programa conta ainda com uma eucaristia pelos dadores e diretores falecidos, solenizada pelo Coral de Santo Adrião, pelas 10.30 horas, na Nova Igreja Matriz. Uma hora depois há uma homenagem ao dador de sangue, junto ao respetivo monumento, no Parque de Sinçães. Segue-se um almoço e sessão solene, pelas 12.45 horas, no Centro Pastoral de Santo Adrião, com entrega de galardões a dadores de sangue, animada pelo jovem Filipe Luz.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização