18
Sun, Feb
18 New Articles

O regulamento que concede benefícios fiscais a projetos de interesse municipal é mais um instrumento que o Invest Santo Tirso coloca à disposição dos empresários, de forma a atrair investimento para o concelho. No dia 4 de fevereiro, seis empresas assinaram contratos com vista à redução de impostos municipais, numa cerimónia que contou com a presença do ministro da Economia.

A Felpinter vai avançar com um investimento de seis milhões de euros, com vista a reforçar a aposta na confeção de têxteis-lar. Com este projeto, a empresa prevê criar mais de 40 empregos diretos. Em contrapartida, a autarquia de Santo Tirso vai conceder-lhe cerca de 600 mil euros de benefícios fiscais. Assim como esta unidade industrial, mais cinco empresas - Adi Center, Albino&Filhos, CS Plastic, Dux Interiores e Panike - assinaram os contratos com vista à redução de impostos municipais.

O empresário tirsense José Augusto Miranda Capela adquiriu, recentemente, a centenária Garagem Machado, no coração da cidade de Santo Tirso, tendo reconstruído todo o edifício com 1100 metros quadrados de área coberta, onde se instalaram as empresas dos filhos Valter e Nelson Capela, com um showroom de automóveis europeus e americanos topo de gama, único do género em Portugal.
Nas fachadas do prédio foram utilizados materiais nobres como inox e cobre, tendo iluminação exterior em ambas as ruas. A compra do espaço teve o seu lado solidário, uma vez que o empresário fez um donativo aos Bombeiros Voluntários Tirsenses “de várias dezenas de milhares de euros para desocuparem o espaço que lhes estava arrendado”, adiantou.
Nos últimos anos, já são vários os espaços adquiridos e transformados por este empresário, que posteriormente os arrenda, trazendo para Santo Tirso várias empresas como a Redicom, Opticenter (sede e loja), Opticenter (fábrica de óculos), Ginásio My Way, Hotel Restaurante 8 Villas, Pinto da Costa & Carriço, Lda., Renault Confiauto (oficinas e stand), Grupo Celeste, O Caminho Violeta,entre outros. Recentemente, adquiriu o antigo registo civil, frente ao Colégio das Teresianas, onde se vai instalar mais uma grande empresa.
A compra do prédio, ao lado da central de camionagem, que estava por acabar há 35 anos, é mais um caso de sucesso. José Augusto Capela é o proprietário do afamado Café Kanimambo, situado nos Carvalhais, também no centro da cidade de Santo Tirso.
“Para breve, estão previstos mais investimentos no centro da cidade, trazendo mais dinâmica à nossa terra”, concluiu.

O Desportivo das Aves regressou hoje às vitórias na I Liga de futebol, ao receber e bater o Boavista por 3-0, no jogo que encerrou a 21.ª jornada da prova.
Os avenses chegsaram ao intervalo já com umavantagem de 20, despois dos golosa de Paulo Machado, aos oito minutos, na conversão de uma grande penalidade, e de Alexandre Guedes, aos 44, tendo Vítor Gomes, aos 70, fixado o resultado final.

Este jogo assinalou o regresso de José Mota ao estádio avense, depois de na época passada o treinador ter conseguido a subida à I Liga, regressando agora como interino no comando técnico da equipa. A estreia de Mota aconteceu em Braga, na jornada passada, com uma derrota (2-0).

Em relação à última jornada, José Mota procedeu a quatro alterações na equipa, entrando Tissone, Paulo Machado, Nildo e Guedes, enquanto, do lado do Boavista, Jorge Simão fez duas alterações, com a entrada de Tahar e Yusupha.

Os lances de perigo para a formação da casa começaram a aparecer logo aos três minutos, quando Amilton apareceu completamente isolado em frente a Vagner. Ainda assim, não conseguiu ultrapassar o guarda-redes do Boavista.

O Aves adiantou-se logo aos oito minutos, por intermédio de Paulo Machado, na conversºão de uma grande penalidade, marcada a punir falta de Rossi sobre Amilton.

Depois de ter falhado o segundo golo aos 37 minutos, com um remate de Guedes, os avenses chegaram mesmo ao segundo golo aos 44 minutos, através de Guedes.

Na segunda parte, manteve-se a tendência de superioridade da equipa da casa e isso acabou por se traduzir em mais um golo, que confirmou a vitória do Desportivo das Aves.

Num lance que deixou dúvidas se o jogador avense estaria fora de jogo, Vítor Gomes atirou de cabeça, após um canto, para dentro da baliza de Vagner.

Ainda antes do final, viveu-se um momento de grande tensão quando, após um choque com um jogador do Boavista, Tissone caiu inanimado no relvado. O jogador foi, entretanto, transportado de ambulância para o hospital e, segundo fonte do clube, já está a recuperar.

Lusa

Foto: Vasco Oliveira

Com o Sporting Clube de Portugal a jogar o final da Taça CTT no Estádio Municipal de Braga a 27 de janeiro, Bruno de Carvalho, presidente do clube de Alvalade, aproveitou a viagem e parou em Santo Tirso, ao final da tarde de sexta-feira, dia 26, para visitar o Núcleo tirsense dos “leões”.
Para Bruno de Carvalho “os núcleos são absolutamente fundamentais para aquilo que são os princípios, as regras e os valores do Sporting”. “Os núcleos têm trazido muita juventude para o Sporting Clube de Portugal e este não é exceção”, disse aos jornalistas.
Para o presidente dos “leões”, estas estruturas “conseguiram em anos que não foram fáceis para o Sporting manter a chama e se temos muita juventude a eles o devemos. Somos feitos dos núcleos, dos sócios, dos adeptos”, finalizou.
Orgulhoso e satisfeito estava também o presidente do núcleo de Santo Tirso, Armindo Balsemão, que espera voltar a ver Bruno de Carvalho em Santo Tirso para o “20.º aniversário” do Núcleo de Santo Tirso do Sporting Clube de Portugal em 2020. Armindo Balsemão adiantou ainda que “o núcleo está bem, está pujante e tem à volta de 300 associados”, mas espera chegar aos “400”. Esta visita é, para Armindo Balsemão, “um incentivo muito grande para o núcleo”.
Entre fotografias, autógrafos e cumprimentos, os adeptos leoninos de Santo Tirso viram ainda os dois presidentes descerraram a moldura que eterniza no espaço a visita de mais um presidente do Sporting Clube de Portugal. E a viagem de Bruno de Carvalho não foi em vão, já que no regresso a Alvalade levou a taça.

Quinze esculturas, desenhos e maquetes de Ernesto Knorr vão poder ser apreciadas no Museu Internacional de Escultura Contemporânea (MIEC), a partir das 19 horas de 9 de fevereiro.
Esta é uma exposição inédita do artista que é já um nome consagrado da escultura contemporânea. O espanhol conta com um percurso profissional de mais de 40 anos e a sua obra integra importantes coleções públicas e privadas. Ernesto Knorr recorre essencialmente ao aço corten e, em menor percentagem, à madeira, apelando à emoção e ao universo de relações vitais entre as partes e meio ambiente, num jogo de equilíbrio e tensões através de uma linguagem muito pessoal. A sua obra carateriza-se pelo acoplamento de formas geométricas elementares para configurar estruturas mais complexas, de caráter abstrato e construtivista, em que a combinação de elementos simples permite criar jogos de tensões muito sugestivos.
A exposição do artista pode ser visitada até ao dia 8 de abril.

A Camélia é uma flor de inverno e teve origem na Ásia, no início do século XIX e ficou conhecida como “rosa Japão”. No concelho de Santo Tirso é tradição festejar-se o Dia das Camélias com inúmeras atividades.
São muitas atividades pensadas e organizadas ao pormenor pela Câmara Municipal de Santo Tirso para celebrar a efeméride. Uma delas é a apresentação do Dia das Camélias na Casa de Chá, no Parque D. Maria II. A partir do dia 15 de fevereiro vão multiplicar-se, nomeadamente com a organização de sessões de convívio à volta da história da camélia, com a colaboração da Escola Profissional Agrícola Conde de S. Bento e do Instituto Nun’Alvres, para além de outras associações, escolas e floristas do concelho.
O Concurso de Camélias na Fábrica de Santo Thyrso, que conta com a participação de colecionadores e produtores, começa às 15 horas do dia 17 de fevereiro. O evento é de entrada gratuita e pode ser visitado até às 18 horas. No dia 18 de fevereiro, poderá visitar a exposição entre as 11 e as 18 horas.
Durante o dia 17 e 18 de fevereiro, a programação do Dia das Camélias também contempla dois ateliês. O primeiro decorre entre as 16 e as 18 horas do dia 17 e é dedicado ao desenho, envolvendo a Escola Secundária D. Dinis. A inscrição, gratuita mas obrigatória, deve ser feita na Loja Interativa de Turismo.
Já no dia seginte, entre as 11 e as 13 horas, há ateliê de poesia que vai contar com a colaboração especial de Alice Coutinho, autora do livro de poesia “Sei das Palavras”. Esta atividade decorre na Fábrica de Santo Thyrso . A inscrição é gratuita ,mas deve ser feita de forma prévia na Loja Interativa de Turismo. 

Videos em destaque

Siga-nos no facebook